Demais e antes da hora. Atenha-se a um site para começar. Não se distraia com novos nichos brilhantes. Isso só vai diluir seus esforços. Não é absolutamente um desperdício de tempo para passar horas a fio pesquisando o melhor nicho para você entrar. A comissão, cookies, produto e até mesmo o site do anunciante, todos têm que ser excelentes. A última coisa que você quer fazer é investir dinheiro na criação de sua estrutura própria; como site, blog, canal ou pagina apenas para enviar visitantes ao site de um anunciante que mal consegue converter uma única venda. Será que você compra a partir do site do anunciante? Questione tudo antes de gastar um único centavo na construção de sua estrutura.
O marketing de afiliados não é algo novo. Há centenas de anos que pessoas trabalham em modelos de comissão semelhantes, e os chamados comissionistas existem há centenas de anos. Um bom exemplo desse tipo de trabalho seriam os corretores imobiliários. Eles divulgam imóveis dentro e fora da internet, recebendo uma comissão sobre a venda daquele imóvel.
O marketing de afiliados não é algo novo. Há centenas de anos que pessoas trabalham em modelos de comissão semelhantes, e os chamados comissionistas existem há centenas de anos. Um bom exemplo desse tipo de trabalho seriam os corretores imobiliários. Eles divulgam imóveis dentro e fora da internet, recebendo uma comissão sobre a venda daquele imóvel.

Muitos afiliados lutam para lucrar o suficiente com as vendas que fazem para permitir que reinvistam esse dinheiro em mais conteúdo ou marketing. Depois de encontrar um produto que as pessoas possam comprar on-line; certifique-se de que ele ofereça comissão suficiente por venda para que valha a pena. Não faz sentido promover lâmpadas para 1% de lucro por venda.

Não é difícil se tornar um afiliado e normalmente não há cobrança para participar. Muitas empresas exigem que você tenha um web page ativo e algumas, como a Amazon, cancelarão sua conta de afiliado se nenhuma venda for feita dentro de 6 meses após a adesão. Você pode se inscrever novamente mais tarde e ter tráfego suficiente no website online para fazer algumas vendas.
Mensure, mensure e mensure. De pouco adianta você ter uma estratégia fantástica e um planejamento extremamente sólido, se você não mensura os seus resultados. Olhar para as métricas é fundamental para entender o comportamento do seu público em relação às suas ações de marketing. Analise ao milímetro cada uma das suas ações para entender o que você pode fazer para melhorar suas conversões.
Muitos afiliados lutam para lucrar o suficiente com as vendas que fazem para permitir que reinvistam esse dinheiro em mais conteúdo ou marketing. Depois de encontrar um produto que as pessoas possam comprar on-line; certifique-se de que ele ofereça comissão suficiente por venda para que valha a pena. Não faz sentido promover lâmpadas para 1% de lucro por venda.
Não promover os produtos certos é um problema comum entre afiliados novatos. Você compraria o produto que está promovendo através de um site? Pense nisso. Você pode anunciar uma concessionária Ford em seu site até que as vacas voem, mas alguém comprará seriamente um carro novo por meio de um site sem visitar uma garagem? Acho que não. Não comercialize carros, casas, locais de casamento, perfume ou cachorros online. Promova produtos de mercado, as pessoas vão realmente comprar de um site sem vê-los em carne e osso!

Nem todos os produtos são bons. Isso é um fato. Se você pretende divulgar um produto que é considerado pelo público uma enganação ou fraude, tenha cuidado. Antes de começar a promover qualquer produto, faça uma busca no Google e procure por testemunhos de clientes. Veja a página de Facebook do produto, olhe as reclamações no Reclame Aqui, etc. Escolher bem o produto que você vai promover fará toda a diferença nos resultados das suas ações de marketing de afiliados. Além do mais, um bom produto tende a perpetuar durante mais tempo.
Existem inúmeras vantagens para você trabalhar com marketing de afiliados, mas a principal é que você não tem de se preocupar em criar um produto para vender na internet. Já alguém criou esse produto e você pode se tornar afiliado desse produto, promovendo-o por meio de links de afiliado e enviando tráfego através desses links para esse mesmo produto. A partir desse momento, sua responsabilidade termina. O produtor, ou dono do produto, passa a ser a pessoa responsável por enviar a mercadoria para o comprador e manter esse cliente satisfeito. Você receberá uma comissão por ter gerado essa venda, mas não é responsável por absolutamente mais nada.
Depois de criar sua lista de e-mails, você pode começar a promover ofertas por e-mail. E quando eu digo “construiu”, quero dizer que uma pessoa fará! Acostume-se a enviar e-mails para seus leitores e certifique-se de criar um relacionamento com eles antes de começar a promover ofertas. Você não quer se deparar com pessoas que só se preocupam em fazer uma venda, neh?! Seja genuíno, compartilhe dicas e promova apenas quando houver uma oferta honesta que atenda ao seu público.
Nesse sentido, é recomendável produzir conteúdo relevante sobre os produtos que você está promovendo em seu site ou blog. Isso significa escrever reviews detalhados sobre esses produtos, indicando os prós e contras dos produtos, as vantagens de usá-los e porque você recomenda esses produtos para o seu público. Esse tipo de recomendação tem um poder incrível junto de um público fortemente engajado.
Nem todos os produtos são bons. Isso é um fato. Se você pretende divulgar um produto que é considerado pelo público uma enganação ou fraude, tenha cuidado. Antes de começar a promover qualquer produto, faça uma busca no Google e procure por testemunhos de clientes. Veja a página de Facebook do produto, olhe as reclamações no Reclame Aqui, etc. Escolher bem o produto que você vai promover fará toda a diferença nos resultados das suas ações de marketing de afiliados. Além do mais, um bom produto tende a perpetuar durante mais tempo.
Se você chegou até aqui é por que realmente estar querendo um trabalho online remunerado, muito bem isto é ótimo, porem não saber qual caminho tomar só ira fazer com que você perca tempo e  perde a grande oportunidade da sua vida.Por isso o melhor é ouvir quem já fez todos os caminhos desse negocio e é por isso que nos queremos que você conheça o curso Trabalhar Pela Internet Agora. 
O marketing de afiliados não é algo que você pode simplesmente para de ir para o seu trabalho. Todos os afiliados que conhecemos começaram como uma linha lateral e, a menos que você tenha grandes reservas de dinheiro para viver, é provável que você precise fazer o mesmo. Então se a sua dúvida é “estou desempregada o que fazer para ganhar dinheiro” a respostar é um emprego, pois você vai precisa criar uma estrutura para divulgação dos seus produtos.

Depois de criar sua lista de e-mails, você pode começar a promover ofertas por e-mail. E quando eu digo “construiu”, quero dizer que uma pessoa fará! Acostume-se a enviar e-mails para seus leitores e certifique-se de criar um relacionamento com eles antes de começar a promover ofertas. Você não quer se deparar com pessoas que só se preocupam em fazer uma venda, neh?! Seja genuíno, compartilhe dicas e promova apenas quando houver uma oferta honesta que atenda ao seu público.

Neste tipo de programas de afiliados, você é remunerado ao clique, ou seja, independentemente do formato de anúncios que você decidir utilizar em seus sites ou blogs (links de texto, banners publicitários, e-mail marketing, etc), você será sempre remunerado de acordo com os cliques que a campanha receber. Sempre que um usuário clicar num dos seus meios de publicidade, você receberá um valor fixo por clique, que pode variar de anunciante para anunciante.
×