Para trabalhar com marketing de afiliados, existem apenas duas estratégias possíveis: ou você trabalha a divulgação em seus sites e blogs ou você faz a divulgação diretamente em plataformas de anúncios. Não existe outra forma de se trabalhar com afiliação além desses duas. Portanto, o mais importante é você decidir antecipadamente se pretende desenvolver sites e blogs, que vão exigir conteúdo e um bom trabalho de SEO, ou se você pretende partir para a divulgação através de anúncios no Facebook, Google AdWords ou plataformas de native ads.
Não necessariamente. Você pode trabalhar a divulgação de seus links de afiliado em campanhas de anúncios no Facebook, Instagram, Google AdWords, Taboola, Outbrain e outras plataformas de anúncios. Você também poderá comprar tráfego para promover seus programas de afiliados, por exemplo. Existem muitos afiliados que não trabalham com blogs, muito menos com conteúdo ou SEO.

Se você tem um blog sobre automóveis e sai divulgando programas de afiliados sobre como perder peso, porque você acha que todo mundo precisa emagrecer, é bem provável que não vá funcionar. Entender seu público e como ele se comporta dentro do seu site ou blog é fundamental para o sucesso das suas campanhas de marketing de afiliados. Quanto mais relevantes seus anúncios forem para a sua audiência, maiores serão as suas chances de ser bem sucedido. Se você imaginar que até o Google tornou seus anúncios contextualizados com o conteúdo de sites e blogs, você entende a importância de ser relevante.
Você precisa se adaptar rápido. Muitos programas de afiliados têm grandes restrições no tocante à divulgação. Muitos não permitem que você faça publicidade em redes sociais, outros não permitem campanhas de e-mail marketing, etc. As próprias redes de publicidade mudam constantemente as suas regras, o que significa que você terá de se adaptar rapidamente e procurar por novas soluções para continuar gerando resultados.

Tentando encontrar atalhos com métodos de marketing é um enorme erro em marketing de afiliado. Ao encurta o caminho, estamos falando especificamente sobre o black hat SEO. Você será banido pelo Google e gastara o seu tempo criando um novo site. Não aprenda com seus erros, aprenda agora mesmo. Blackhat SEO só leva a um site quebrado. O Google vai te caçar e vai te punir!


O bom do marketing de afiliados é que você não precisa de criar absolutamente nada. Caso você pretenda, é possível ganhar muito dinheiro trabalhando com esse mercado, promovendo ofertas de produtos, sem que na realidade você tenha de criar um blog, site ou outra coisa qualquer. Existem afiliados ganhando muito dinheiro e a única coisa que fazem é anunciar no Facebook, Google AdWords e native ads. Há também quem prefira usar estratégias mais avançadas, como  comprar tráfego para promover programas de afiliados.
Ser persistente: essa dica vale principalmente para aqueles que desejam ter grandes resultados e não só fazer uma venda ou outra por acaso. O imediatismo é um dos fatores que fazem as pessoas desistirem tão facilmente de suas metas e sonhos. Trace um plano para seu negócio e cumpra-o independente do que acontecer, mesmo quando ainda não houver nenhum lucro, se você mesmo não acreditar no seu projeto como espera que as pessoas acreditem?
Alexandro, se você utilizar uma plataforma de ecommerce, a maioria já vem com módulo de afiliados, neste caso é só customizar de acordo com suas necessidades. De fato marketing de afiliados está ganhando mais espaço no mercado, até porque é benéfico para todos envolvidos, desde o cliente que chega por meio de um link de um site ou blog que ele conhece e muitas vezes o responsável pelo conteúdo conhece a loja que se cadastrou no programa de afiliados, como para loja que aumenta a participação na rede. Implementei um programa de afiliados numa loja de produtos eróticos que administro (Sex Nanda) com o sistema PPS (ou CPV) com uma comissão de até 10%. Muito bacana e fácil de usar, isso também é fundamental para os afiliados.

Quando falamos de marketing de afiliados, paciência é um termo importante, especialmente se a sua estratégia passar por escrever conteúdo relevante e trabalhar com programas de afiliados em seus sites e blogs. Quando comecei, lembro-me perfeitamente da primeira comissão que gerei num programa de afiliados e a sensação foi espectacular. No entanto, demorei alguns anos para começar a ganhar dinheiro de forma significativa com meus sites e blogs.
Muitos afiliados lutam para lucrar o suficiente com as vendas que fazem para permitir que reinvistam esse dinheiro em mais conteúdo ou marketing. Depois de encontrar um produto que as pessoas possam comprar on-line; certifique-se de que ele ofereça comissão suficiente por venda para que valha a pena. Não faz sentido promover lâmpadas para 1% de lucro por venda.
O modelo de comissão em CPC (custo por clique) é um dos mais antigos da internet também. Quando em 23 de outubro do ano 2000, a Google decidiu lançar o Google AdWords, esse modelo de comissão passou a ser amplamente utilizado no mundo. Juntamente com o Google AdWords, a Google lançou o programa Google Adsense, que é nada mais, nada menos, do que um programa de afiliados que paga por clique em anúncios de texto ou imagem.

Existem muitas empresas dedicadas à criação de sites de conteúdo, que são rentabilizados com programas de afiliados. Imagine uma empresa de mídia grande, com dezenas de sites em vários países, todos eles com milhões de visitas todos os meses. Existem também afiliados profissionais que fazem isso numa escala menor, mas ainda assim extremamente rentável. Esses sites são alimentados essencialmente de tráfego orgânico e de tráfego vindo de mídias sociais.


Space Content es uno de los sitios de post patrocinados a nivel europeo que está teniendo buenas opiniones por su amplio catálogo de blogs disponibles y la posibilidad de contratar influencers para dar visibilidad a tu marca o tu proyecto. Vamos a analizar los servicios y a exponer ejemplos concretos para explicar cómo funciona. Desde el punto de vista de la afiliación,  poder dar visibilidad, bien mediante directamente el linkbuilding, …
Nem todos os produtos são bons. Isso é um fato. Se você pretende divulgar um produto que é considerado pelo público uma enganação ou fraude, tenha cuidado. Antes de começar a promover qualquer produto, faça uma busca no Google e procure por testemunhos de clientes. Veja a página de Facebook do produto, olhe as reclamações no Reclame Aqui, etc. Escolher bem o produto que você vai promover fará toda a diferença nos resultados das suas ações de marketing de afiliados. Além do mais, um bom produto tende a perpetuar durante mais tempo.
O modelo CPL é extremamente utilizado em negócios B2B, em que o objetivo é captar contatos de potenciais novos clientes. Neste modelo de comissão, por regra, o afiliado recebe um valor fixo a cada lead gerado. Este modelo é também muito utilizado em aplicativos mobile, como por exemplo a Uber, que paga uma comissão fixa a cada cadastro gerado em seu aplicativo.
O modelo de comissão CPI só apareceu quando começaram a surgir os smartphones e aplicativos móveis. É um modelo de comissão voltado para tráfego mobile, em que o afiliado recebe uma comissão fixa por gerar instalações de um determinado aplicativo. Existem várias empresas dedicadas a esse nicho de mercado, com dezenas de ofertas de aplicativos diferentes e em áreas diferentes, que o afiliado poderá promover em seu tráfego mobile.
Para que assim você possa de verdade construir uma relevância e reputação, então a dica para o primeiro passo é que você escolha bem o seu nicho, analise os seus gostos e assuntos que você domina, olhe em volta para às pessoas com quem você convive tanto no mundo físico quanto nas redes sociais, veja qual dos seus interesses é aquele que mais oferece oportunidades imediatas para público.
Existem inúmeras vantagens para você trabalhar com marketing de afiliados, mas a principal é que você não tem de se preocupar em criar um produto para vender na internet. Já alguém criou esse produto e você pode se tornar afiliado desse produto, promovendo-o por meio de links de afiliado e enviando tráfego através desses links para esse mesmo produto. A partir desse momento, sua responsabilidade termina. O produtor, ou dono do produto, passa a ser a pessoa responsável por enviar a mercadoria para o comprador e manter esse cliente satisfeito. Você receberá uma comissão por ter gerado essa venda, mas não é responsável por absolutamente mais nada.
No caso dos afiliados de apostas esportivas, cassinos e poker, por exemplo, eles pagam aos seus afiliados um CPA bem alto, porque a ação é bastante exigente e difícil de converter. Neste caso concreto, o usuário que você indicar para o site, tem de se cadastrar como cliente, e, além disso, tem de efetuar um depósito mínimo, de um valor decidido pela empresa/anunciante, que pode variar entre os R$10,00 e os R$100,00 por exemplo. Sempre que você consegue um jogador que cumpra esses dois passos (registro + depósito), você ganha automaticamente o CPA definido pela empresa/anunciante.
×