Escalar, escalar e escalar. Depois de encontrar um modelo eficaz para divulgação de programas de afiliados, que gera um ROI (retorno sobre o investimento) positivo para o seu negócio, você deve escalar ao máximo esse modelo. Isso pode significar aumentar o tráfego, o budget para publicidade ou a internacionalização do seu modelo para outros países. Não interessa como você vai fazê-lo, o importante é fazer.
O modelo de comissão em CPC (custo por clique) é um dos mais antigos da internet também. Quando em 23 de outubro do ano 2000, a Google decidiu lançar o Google AdWords, esse modelo de comissão passou a ser amplamente utilizado no mundo. Juntamente com o Google AdWords, a Google lançou o programa Google Adsense, que é nada mais, nada menos, do que um programa de afiliados que paga por clique em anúncios de texto ou imagem.
Por outro lado, eles podem precisar de mais tempo para pensar sobre isso. Talvez eles estejam esperando pelo pagamento, ou ainda não tenham certeza se preferem o azul que também viram ao navegar pelo site do anunciante. Eles podem ir embora e voltar daqui a algumas semanas, não sendo mais capazes de resistir ao impulso de estourar seus salários em um skate melhor.
A paixão é uma coisa, mas você poderá monetizar o nicho que escolheu? Você precisa ter certeza de que o que quer que decida escrever lhe dará dinheiro. E se ganhar dinheiro é o seu objetivo final (e provavelmente é se você estiver lendo esse post!), Você precisa escolher um nicho que lhe permita obter lucro. E isso às vezes terá que superar sua paixão.
Para quem trabalha com marketing digital, possivelmente já ouviu falar de marketing de afiliados. No entanto, poucos ainda sabem o que significa marketing de afiliados e o que é possível fazer com isso na prática. Embora esse seja um mercado que cresceu mais de 100% ao ano no Brasil nos últimos cinco anos, continua sendo um mercado pequeno quando comparado com outros nichos, como agências de marketing, produtores de conteúdo, serviços freelancer, etc. Ainda assim, as previsões apontam para que o mercado de afiliados continue se expandindo a um ritmo extremamente acelerado durante os próximos anos. Esses números são fruto de nosso trabalho com o evento Afiliados Brasil.
Ex.: Você se inscreve num programa de afiliados por CPV, no qual o valor pago é de 25% de comissão sobre as vendas. Se você enviar um usuário para um determinado anunciante, e ele realizar uma encomenda de R$500 reais, a sua comissão será de R$125 reais. No entanto, um cliente que compre R$1500 reais de produtos já irá gerar uma comissão de R$375 reais.
Dentre as várias vantagens de trabalhar com marketing de afiliados, diria que a mais interessante é o potencial de rentabilização desse mercado. Existem produtos que pagam comissões altíssimas, recorrentes, por clique, por venda, por impressão, etc. Existem também afiliados que trabalham na divulgação desses produtos através de plataformas de publicidade e outros que aproveitam os programas de afiliados como forma de rentabilizar o tráfego dos seus sites e blogs. Ambos os modelos são perfeitamente viáveis e geram resultados.
Se um determinado programa de afiliados está rendendo uma boa grana, isso não significa que você não pode testar outras ofertas. Na realidade, testar é importantíssimo em tudo o que tenha a ver com marketing digital; e o marketing de afiliados não é diferente. Procure escolher entre três e quatro programas de afiliados para promover, fazendo sempre testes de conversão com cada um deles.
No mercado de marketing de afiliados, existem diferentes modelos de comissão, que variam consoante o objetivo de marketing da empresa ou produtor. Ao contrário do que muitas vezes se pensa e fala, existem programas de afiliados não apenas para produtos físicos ou digitais, mas também para ações e contatos. Se o objetivo de marketing de uma empresa for gerar cadastros de potenciais interessados em comprar um produto, por exemplo, essa empresa pode lançar um programa de afiliados que paga um valor fixo para cada cadastro realizado. A empresa não estaria promovendo um produto, mas sim uma ação específica, que no caso seria o usuário preencher o formulário de cadastro.
Os chamados infoprodutos, ou produtos digitais, são também uma excelente forma de trabalhar com marketing de afiliados. Existem várias plataformas que oferecem esse tipo de produtos e também muitos afiliados trabalhando na divulgação, recebendo comissões extremamente elevadas pelas vendas geradas. Este é um mercado que está crescendo imenso no Brasil.
O Curso Trabalhar Pela Internet Agora é um curso completo que ensina passo á passo como trabalhar pela internet de forma honesta, sustentável e escalável, sem precisar passar o dia todo no computador ou ter grandes conhecimentos em informática. Com o Curso Trabalhar Pela Internet Agora qualquer pessoa mesmo leiga consegue ganhar dinheiro online. Sem precisar de estoques de produtos ou sem precisar deixar outros negócios se assim não quiser. Com este curso você aprende desde o básico a criar seu próprio negócio online de forma crescente; através de produtos digitais sendo um afiliado e ganhando comissões.

O CPL é muito idêntico ao CPA, mas com uma pequena diferença: a validação das leads. No CPL, você não é remunerado pela ação, mas sim pelo fato de a ação ser validada. Um bom exemplo de um programa deste gênero é o programa de recrutamento de novos afiliados para plataformas como a UpRise40, Netlucro, Netfilia, Netaffiliation ou a Public-Idées, por exemplo. Nestes casos, o afiliado não é remunerado pelos usuários que se inscrevem nas plataformas, mas sim pelos usuários que se inscrevem e são aceitos pelas plataformas para começarem a correr as campanhas de afiliados. Esta é a grande diferença entre a ação e a lead válida.
×