Esse tipo de site também é extremamente popular no mercado de marketing de afiliados, principalmente os sites de cupons, que comparam os preços de milhares de produtos em dezenas de lojas diferentes e levam o usuário a comprar o produto numa determinada loja, através de links de afiliado. Outros exemplos seriam sites que fazem reviews de celulares, notebooks, etc. O mesmo se aplica a sites e blogs menores, que comparam diferentes tipos de produtos.

Não. Antes de ficar muito animado, você deve entender uma coisa muito importante. O marketing de afiliados para iniciantes pode ser difícil. Afinal, é um negócio. E não um esquema de ficar rico rápido, não acredite em esquemas de o que vender para ganhar dinheiro rápido. Requer paciência, perseverança e montes de aprendizado. Às vezes pode levar anos para alcançar os resultados com o seu trabalho online remunerado!


No caso dos afiliados de apostas esportivas, cassinos e poker, por exemplo, eles pagam aos seus afiliados um CPA bem alto, porque a ação é bastante exigente e difícil de converter. Neste caso concreto, o usuário que você indicar para o site, tem de se cadastrar como cliente, e, além disso, tem de efetuar um depósito mínimo, de um valor decidido pela empresa/anunciante, que pode variar entre os R$10,00 e os R$100,00 por exemplo. Sempre que você consegue um jogador que cumpra esses dois passos (registro + depósito), você ganha automaticamente o CPA definido pela empresa/anunciante.
Existem também diferenças nas estratégias de divulgação de um afiliado, quando objetivo são ações ou conversões. Cada objetivo de marketing e modelo de comissão obrigam, automaticamente, a adoção de uma estratégia de divulgação diferente. Ao entrar nesse mercado, você deverá procurar pelos modelos de comissão que fazem mais sentido para você e para a sua estratégia de marketing digital.
Além das vantagens óbvias de administrar seu próprio negócio, poder trabalhar on-line de qualquer lugar e a qualquer momento, e ter a liberdade de escolher o quanto você trabalha, há algumas outras vantagens. Afiliados com um forte acompanhamento social (também conhecido como influenciadores) podem esperar receber brindes de anunciantes que buscam aumentar o conhecimento de sua marca. Isso tudo lhe proporcionara uma estrutura e uma renda fantástica e nunca mais terá que fazer pesquisas de “como ganhar dinheiro na internet clicando”.

Depois de criar sua lista de e-mails, você pode começar a promover ofertas por e-mail. E quando eu digo “construiu”, quero dizer que uma pessoa fará! Acostume-se a enviar e-mails para seus leitores e certifique-se de criar um relacionamento com eles antes de começar a promover ofertas. Você não quer se deparar com pessoas que só se preocupam em fazer uma venda, neh?! Seja genuíno, compartilhe dicas e promova apenas quando houver uma oferta honesta que atenda ao seu público.
O modelo de comissão em CPC (custo por clique) é um dos mais antigos da internet também. Quando em 23 de outubro do ano 2000, a Google decidiu lançar o Google AdWords, esse modelo de comissão passou a ser amplamente utilizado no mundo. Juntamente com o Google AdWords, a Google lançou o programa Google Adsense, que é nada mais, nada menos, do que um programa de afiliados que paga por clique em anúncios de texto ou imagem.

Alexandro, se você utilizar uma plataforma de ecommerce, a maioria já vem com módulo de afiliados, neste caso é só customizar de acordo com suas necessidades. De fato marketing de afiliados está ganhando mais espaço no mercado, até porque é benéfico para todos envolvidos, desde o cliente que chega por meio de um link de um site ou blog que ele conhece e muitas vezes o responsável pelo conteúdo conhece a loja que se cadastrou no programa de afiliados, como para loja que aumenta a participação na rede. Implementei um programa de afiliados numa loja de produtos eróticos que administro (Sex Nanda) com o sistema PPS (ou CPV) com uma comissão de até 10%. Muito bacana e fácil de usar, isso também é fundamental para os afiliados.
No mercado de marketing de afiliados, existem diferentes modelos de comissão, que variam consoante o objetivo de marketing da empresa ou produtor. Ao contrário do que muitas vezes se pensa e fala, existem programas de afiliados não apenas para produtos físicos ou digitais, mas também para ações e contatos. Se o objetivo de marketing de uma empresa for gerar cadastros de potenciais interessados em comprar um produto, por exemplo, essa empresa pode lançar um programa de afiliados que paga um valor fixo para cada cadastro realizado. A empresa não estaria promovendo um produto, mas sim uma ação específica, que no caso seria o usuário preencher o formulário de cadastro.
É comum a grande maioria dos afiliados profissionais ficar presa a estratégias que funcionam. Quando se encontra uma estratégia que dá resultado, a tendência é usar somente essa estratégia até à exaustão. No entanto, tenha em consideração que existem diferentes formas de promover programas de afiliados, sendo altamente recomendável você diversificar suas fontes de tráfego e, principalmente, a forma como você promove programas de afiliados.
Dentre as várias vantagens de trabalhar com marketing de afiliados, diria que a mais interessante é o potencial de rentabilização desse mercado. Existem produtos que pagam comissões altíssimas, recorrentes, por clique, por venda, por impressão, etc. Existem também afiliados que trabalham na divulgação desses produtos através de plataformas de publicidade e outros que aproveitam os programas de afiliados como forma de rentabilizar o tráfego dos seus sites e blogs. Ambos os modelos são perfeitamente viáveis e geram resultados.

Existem inúmeras vantagens para você trabalhar com marketing de afiliados, mas a principal é que você não tem de se preocupar em criar um produto para vender na internet. Já alguém criou esse produto e você pode se tornar afiliado desse produto, promovendo-o por meio de links de afiliado e enviando tráfego através desses links para esse mesmo produto. A partir desse momento, sua responsabilidade termina. O produtor, ou dono do produto, passa a ser a pessoa responsável por enviar a mercadoria para o comprador e manter esse cliente satisfeito. Você receberá uma comissão por ter gerado essa venda, mas não é responsável por absolutamente mais nada.


Você é especialista em otimização de conversão, funis de vendas, SEO, construção de sites, redação de textos e revisão de textos? Se assim for, você tem uma chance melhor do que a maioria dos recém-chegados. As chances são, se você acabou de ouvir sobre marketing afiliado, você não tem todas ou mesmo nenhuma dessas habilidades ainda. Neste caso, estabeleça o longo prazo. Isso vai levar algum tempo, mas você chegará lá – contanto que não desista ao longo do caminho!
Tal como em outros mercados, no marketing de afiliados a diversificação pode ser crucial para fazer seu negócio sobreviver e crescer. Nunca faça sua estratégia depender de uma única fonte de tráfego e/ou de uma única estratégia de divulgação, caso contrário, é bem provável que você acabe se dando mal no futuro. Utilize diferentes fontes de tráfego para promover seus produtos e compare cada uma das suas estratégias.
Se você acha que basta colocar um banner publicitário na barra lateral do seu blog para começar a ganhar dinheiro com marketing de afiliados, está redondamente enganado. Seu público é bastante mais exigente do que isso e você estará simplesmente menosprezando a sua própria autoridade. Lembre-se de que uma das armas mais poderosas da internet é o poder da recomendação. Se seus leitores gostam dos seus conteúdos e gostam de você enquanto profissional, as suas recomendações terão um poder muito maior do que qualquer outra coisa que você faça.
Você precisa se adaptar rápido. Muitos programas de afiliados têm grandes restrições no tocante à divulgação. Muitos não permitem que você faça publicidade em redes sociais, outros não permitem campanhas de e-mail marketing, etc. As próprias redes de publicidade mudam constantemente as suas regras, o que significa que você terá de se adaptar rapidamente e procurar por novas soluções para continuar gerando resultados.

Resumindo, quando você promove um determinado programa de afiliado, você é recompensando por essa promoção de acordo com o que a empresa/anunciante decidiu previamente: clique, ação, lead, mil impressões, formulário ou venda. Para percebermos mais facilmente como funciona cada um desses formatos de publicidade com programas de afiliados, vamos analisar caso-a-caso e dar-lhe alguns exemplos práticos para uma melhor percepção:
×