Primeiras coisas, escolha um nicho. Você deve escolher algo que lhe interesse, não se importa em aprender; ou ter a capacidade de pagar a alguém para escrever. Considere os custos potenciais cuidadosamente antes de mergulhar em algo sobre o qual você não sabe absolutamente nada. Outro aspecto importante é ter certeza de que será um nicho lucrativo para se trabalhar. É preciso haver uma abundância de produtos para promover; e os níveis de comissão precisam ser significativos o suficiente para gerar um bom lucro cada vez que uma venda é feita. .
Afiliado apresentador: O apresentador utiliza sua imagem para divulgar os produtos aos quais é Afiliado. Geralmente, ele tem forte presença em redes sociais e muitos seguidores que o acompanham diariamente, imagine um influenciador digital, ele usa de sua imagem para divulgar, mas não se prenda a somente esse exemplo, citei apenas um para você ter uma noção.

Dentre as várias vantagens de trabalhar com marketing de afiliados, diria que a mais interessante é o potencial de rentabilização desse mercado. Existem produtos que pagam comissões altíssimas, recorrentes, por clique, por venda, por impressão, etc. Existem também afiliados que trabalham na divulgação desses produtos através de plataformas de publicidade e outros que aproveitam os programas de afiliados como forma de rentabilizar o tráfego dos seus sites e blogs. Ambos os modelos são perfeitamente viáveis e geram resultados.
Resumindo, quando você promove um determinado programa de afiliado, você é recompensando por essa promoção de acordo com o que a empresa/anunciante decidiu previamente: clique, ação, lead, mil impressões, formulário ou venda. Para percebermos mais facilmente como funciona cada um desses formatos de publicidade com programas de afiliados, vamos analisar caso-a-caso e dar-lhe alguns exemplos práticos para uma melhor percepção:
×