Excelente Post!!! Conheci esse mercado ha poucos dias e cara, mergulhei de cabeça, acordo, almoço e durmo lendo e aprendendo sobre esse mercado! Não sei em quanto tempo terei retorno, mas já estou tocando um projeto para trabalhar com Marketing de Afiliados e tornar essa uma das minhas profissões daqui pra frente. Estou conhecendo alguns sites de afiliados e indico esses abaixo sendo, na minha opinião, os melhores no mercado. Detalhe: O Google Adsense é o desejo de "consumo" dos Afiliados, é o master blaster! Mas este é bem criterioso, não tive aprovação imediata, vou refazer algumas coisas e solicitar reanálise, disseram que meu site tem pouco texto além de outros detalhes. Segue abaixo os sites que utilizo: www.zanox.com/br www.lomadee.com www.afiliados.com.br/ É isso, abraços!
Alexandro, se você utilizar uma plataforma de ecommerce, a maioria já vem com módulo de afiliados, neste caso é só customizar de acordo com suas necessidades. De fato marketing de afiliados está ganhando mais espaço no mercado, até porque é benéfico para todos envolvidos, desde o cliente que chega por meio de um link de um site ou blog que ele conhece e muitas vezes o responsável pelo conteúdo conhece a loja que se cadastrou no programa de afiliados, como para loja que aumenta a participação na rede. Implementei um programa de afiliados numa loja de produtos eróticos que administro (Sex Nanda) com o sistema PPS (ou CPV) com uma comissão de até 10%. Muito bacana e fácil de usar, isso também é fundamental para os afiliados.

Na internet, esse modelo de comissão sobre as vendas é chamado de marketing de afiliados ou affiliate marketing (em inglês). O primeiro programa de afiliados na internet foi criado em 1996 pela Amazon e se chamava Amazon Associates. O programa continua existindo até hoje e foi um dos principais propulsores de crescimento da Amazon, uma vez que milhares de afiliados promoviam os produtos da empresa nos Estados Unidos, recebendo uma fatia sobre as vendas. Caso eles não gerassem vendas, a Amazon também não estaria investindo dinheiro nenhum com essa publicidade, uma vez que ela pagaria uma comissão somente por vendas realizadas.
Primeiras coisas, escolha um nicho. Você deve escolher algo que lhe interesse, não se importa em aprender; ou ter a capacidade de pagar a alguém para escrever. Considere os custos potenciais cuidadosamente antes de mergulhar em algo sobre o qual você não sabe absolutamente nada. Outro aspecto importante é ter certeza de que será um nicho lucrativo para se trabalhar. É preciso haver uma abundância de produtos para promover; e os níveis de comissão precisam ser significativos o suficiente para gerar um bom lucro cada vez que uma venda é feita. .
O bom do marketing de afiliados é que você não precisa de criar absolutamente nada. Caso você pretenda, é possível ganhar muito dinheiro trabalhando com esse mercado, promovendo ofertas de produtos, sem que na realidade você tenha de criar um blog, site ou outra coisa qualquer. Existem afiliados ganhando muito dinheiro e a única coisa que fazem é anunciar no Facebook, Google AdWords e native ads. Há também quem prefira usar estratégias mais avançadas, como  comprar tráfego para promover programas de afiliados.
Você é especialista em otimização de conversão, funis de vendas, SEO, construção de sites, redação de textos e revisão de textos? Se assim for, você tem uma chance melhor do que a maioria dos recém-chegados. As chances são, se você acabou de ouvir sobre marketing afiliado, você não tem todas ou mesmo nenhuma dessas habilidades ainda. Neste caso, estabeleça o longo prazo. Isso vai levar algum tempo, mas você chegará lá – contanto que não desista ao longo do caminho!
O marketing de afiliados não é algo que você pode simplesmente para de ir para o seu trabalho. Todos os afiliados que conhecemos começaram como uma linha lateral e, a menos que você tenha grandes reservas de dinheiro para viver, é provável que você precise fazer o mesmo. Então se a sua dúvida é “estou desempregada o que fazer para ganhar dinheiro” a respostar é um emprego, pois você vai precisa criar uma estrutura para divulgação dos seus produtos.
O modelo de comissão sobre as vendas é extremamente utilizado em programas de afiliados de e-commerces. O programa de afiliados da Amazon, por exemplo, trabalha num modelo de comissão por CPV, em que o afiliado recebe uma comissão de 3% e 7% sobre as vendas geradas no e-commerce da Amazon. Este modelo é extremamente interessante de trabalhar, pois ao direcionar um usuário para comprar na Amazon, você recebe uma comissão sobre todas as compras realizadas por aquele usuário, e não importa se ele comprou os tênis que você sugeriu ou não.
Tal como o próprio nome indica, o CPF é o Custo por Formulário, ou seja, a ação pretendida ao promover este tipo de programa de afiliados é a inscrição do usuário num determinado formulário. Por norma, os valores pagos por CPF são fixos e os formulários poderão ser simples ou complexos. Ao promover este tipo de programa, se você conseguir com que um usuário acesse a página de aterragem do programa e preencha o formulário disponível, você recebe imediatamente um valor por esse CPF, independentemente se o usuário depois se tornou cliente da empresa, comprou produtos dela ou não.
Procure ofertas de afiliado. Depois de escolher seu nicho de mercado, você precisa procurar por programas de afiliados existentes nesse mesmo nicho. Identifique os produtos mais rentáveis e se inscreva como afiliado desses produtos. Não se esqueça de fazer uma avaliação primeiro dos produtos e entender se eles têm qualidade e correspondem às expectativas do público.

En el formato Coste por mil impresiones (CPM), el anunciante le paga un valor fijo al Afiliado cuando el banner publicitario alcanza mil visualizaciones. Es importante resaltar que el número de impresiones es equivalente a la cantidad de pageviews del blog, partiendo del supuesto de que quien navega en una página ya está siendo impactado por la publicidad que está allí.


Seja criativo. Faça seu trabalho de casa primeiro. Analisar seus concorrentes e entender como eles trabalham fará com que você consiga se antecipar mais facilmente e pegar uma boa fatia desses mercados. Acompanhe o que outros estão fazendo e seja criativo no momento de escrever seus conteúdos, gravar seus vídeos ou criar seus anúncios. Abordagens diferentes quase sempre geram melhor resultado.
O mesmo acontece quando você começa a trabalhar com publicidade, anunciando as ofertas diretamente. É bem provável que você gaste imenso dinheiro inicialmente até encontrar o jeito certo de converter seus anúncios em vendas. Isso é perfeitamente normal e muito comum nesse mercado, portanto, considere aprender o máximo sobre marketing de afiliados, conversão, publicidade, etc., e vá testando o máximo que puder até encontrar a fórmula perfeita para o tipo de produto que você está divulgando.
Excelente Post!!! Conheci esse mercado ha poucos dias e cara, mergulhei de cabeça, acordo, almoço e durmo lendo e aprendendo sobre esse mercado! Não sei em quanto tempo terei retorno, mas já estou tocando um projeto para trabalhar com Marketing de Afiliados e tornar essa uma das minhas profissões daqui pra frente. Estou conhecendo alguns sites de afiliados e indico esses abaixo sendo, na minha opinião, os melhores no mercado. Detalhe: O Google Adsense é o desejo de "consumo" dos Afiliados, é o master blaster! Mas este é bem criterioso, não tive aprovação imediata, vou refazer algumas coisas e solicitar reanálise, disseram que meu site tem pouco texto além de outros detalhes. Segue abaixo os sites que utilizo: www.zanox.com/br www.lomadee.com www.afiliados.com.br/ É isso, abraços!

Ex.: Você se inscreve num programa de afiliados por CPV, no qual o valor pago é de 25% de comissão sobre as vendas. Se você enviar um usuário para um determinado anunciante, e ele realizar uma encomenda de R$500 reais, a sua comissão será de R$125 reais. No entanto, um cliente que compre R$1500 reais de produtos já irá gerar uma comissão de R$375 reais.
×