Tal como em outros mercados, no marketing de afiliados a diversificação pode ser crucial para fazer seu negócio sobreviver e crescer. Nunca faça sua estratégia depender de uma única fonte de tráfego e/ou de uma única estratégia de divulgação, caso contrário, é bem provável que você acabe se dando mal no futuro. Utilize diferentes fontes de tráfego para promover seus produtos e compare cada uma das suas estratégias.

Os programas de afiliados não são todos iguais, e o nível de conversão deles também não. Basta uma página de venda do produto diferente para o volume de conversão ser muito maior, ou vice-versa. Existem também programas de afiliados que pagam comissões todas as semanas, outros que só pagam mensalmente, etc. Existem também programas com modelos de atribuição de comissão no primeiro clique, último clique, com cookie de 30 dias, cookie de sete dias, cookie de 24 horas e por aí adiante. Todas essas coisas fazem uma diferença tremenda nos resultados que você vai gerar com suas estratégias, razão mais do que suficiente para você testar vários e comparar seus resultados.
Se um determinado programa de afiliados está rendendo uma boa grana, isso não significa que você não pode testar outras ofertas. Na realidade, testar é importantíssimo em tudo o que tenha a ver com marketing digital; e o marketing de afiliados não é diferente. Procure escolher entre três e quatro programas de afiliados para promover, fazendo sempre testes de conversão com cada um deles.
Para quem está começando a trabalhar com marketing de afiliados, possivelmente terá alguma das dúvidas seguintes. São perguntas frequentes que muitos dos novos afiliados fazem, no sentido de entenderem como esse mercado funciona e quais são as reais possibilidades. Trabalhar com afiliação é extremamente interessante, mas é necessário que você entenda como tudo isso funciona.
Dentre as várias vantagens de trabalhar com marketing de afiliados, diria que a mais interessante é o potencial de rentabilização desse mercado. Existem produtos que pagam comissões altíssimas, recorrentes, por clique, por venda, por impressão, etc. Existem também afiliados que trabalham na divulgação desses produtos através de plataformas de publicidade e outros que aproveitam os programas de afiliados como forma de rentabilizar o tráfego dos seus sites e blogs. Ambos os modelos são perfeitamente viáveis e geram resultados.

O modelo de comissão CPI só apareceu quando começaram a surgir os smartphones e aplicativos móveis. É um modelo de comissão voltado para tráfego mobile, em que o afiliado recebe uma comissão fixa por gerar instalações de um determinado aplicativo. Existem várias empresas dedicadas a esse nicho de mercado, com dezenas de ofertas de aplicativos diferentes e em áreas diferentes, que o afiliado poderá promover em seu tráfego mobile.
O modelo de comissão sobre as vendas é extremamente utilizado em programas de afiliados de e-commerces. O programa de afiliados da Amazon, por exemplo, trabalha num modelo de comissão por CPV, em que o afiliado recebe uma comissão de 3% e 7% sobre as vendas geradas no e-commerce da Amazon. Este modelo é extremamente interessante de trabalhar, pois ao direcionar um usuário para comprar na Amazon, você recebe uma comissão sobre todas as compras realizadas por aquele usuário, e não importa se ele comprou os tênis que você sugeriu ou não.
O Curso Trabalhar Pela Internet Agora é um curso completo que ensina passo á passo como trabalhar pela internet de forma honesta, sustentável e escalável, sem precisar passar o dia todo no computador ou ter grandes conhecimentos em informática. Com o Curso Trabalhar Pela Internet Agora qualquer pessoa mesmo leiga consegue ganhar dinheiro online. Sem precisar de estoques de produtos ou sem precisar deixar outros negócios se assim não quiser. Com este curso você aprende desde o básico a criar seu próprio negócio online de forma crescente; através de produtos digitais sendo um afiliado e ganhando comissões.
Neste modelo de comissão por CPC, o afiliado recebe um valor fixo ou variável para cada vez que o banner publicitário ou o link de texto receberem um clique de um usuário. Esse modelo tem a vantagem de que o afiliado não está dependente do resultado final, ou seja, do usuário comprar o produto, mas tem a desvantagem de ser um modelo difícil de escalar, uma vez que para ganhar muito dinheiro seriam necessários centenas de milhares de cliques.
O mercado de marketing de Afiliados é, nos dias de hoje, um dos mais prósperos em nível mundial. Com cada vez mais empresas e usuários a trabalharem conjuntamente em prol do mesmo objetivo, trabalhar com programas de afiliados tornou-se fundamental, tanto para as empresas que pretendem crescer e gerar mais vendas, como para os blogueiros e editores de conteúdos que procuram uma forma eficaz de rentabilizar seus sites e gerar mais leitores. Com um modelo de negócios bastante simples e direcionado para a partilha de receitas sobre as vendas, ambas as partes ganham com o mesmo cliente, o que significa que tanto as empresas quanto os publishers estão trabalhando no mesmo sentido e em prol do mesmo objetivo: ganhar dinheiro!
×