Na internet, esse modelo de comissão sobre as vendas é chamado de marketing de afiliados ou affiliate marketing (em inglês). O primeiro programa de afiliados na internet foi criado em 1996 pela Amazon e se chamava Amazon Associates. O programa continua existindo até hoje e foi um dos principais propulsores de crescimento da Amazon, uma vez que milhares de afiliados promoviam os produtos da empresa nos Estados Unidos, recebendo uma fatia sobre as vendas. Caso eles não gerassem vendas, a Amazon também não estaria investindo dinheiro nenhum com essa publicidade, uma vez que ela pagaria uma comissão somente por vendas realizadas.
Existem também diferenças nas estratégias de divulgação de um afiliado, quando objetivo são ações ou conversões. Cada objetivo de marketing e modelo de comissão obrigam, automaticamente, a adoção de uma estratégia de divulgação diferente. Ao entrar nesse mercado, você deverá procurar pelos modelos de comissão que fazem mais sentido para você e para a sua estratégia de marketing digital.
Isso é fácil quando você segue um plano passo a passo. O WordPress e alguns outros sites tornam isso realmente fácil, no entanto, há uma curva de aprendizado muito actual que precisa ocorrer para nosso próprio crescimento e desenvolvimento. Aproveite  para aprender tudo e não tenha pressa para ganhar dinheiro. Esta é mais uma oportunidade de longo prazo, onde é muito fácil, ao longo do tempo, ter 3-4 web sites ganhando receita a cada mês.
Muitos afiliados lutam para lucrar o suficiente com as vendas que fazem para permitir que reinvistam esse dinheiro em mais conteúdo ou marketing. Depois de encontrar um produto que as pessoas possam comprar on-line; certifique-se de que ele ofereça comissão suficiente por venda para que valha a pena. Não faz sentido promover lâmpadas para 1% de lucro por venda.
O mercado de afiliados é tão extenso quanto a sua imaginação. Existem programas de afiliados e ofertas para promover em praticamente todas as áreas de negócio que se possa imaginar serem possíveis de trabalhar via internet. Isto significa que, por meio da internet, você pode promover ofertas de outras pessoas e empresas em seus sites e blogs, e usar isso como uma forma de rentabilizar os seus conteúdos e tráfego.
Não necessariamente. Você pode trabalhar a divulgação de seus links de afiliado em campanhas de anúncios no Facebook, Instagram, Google AdWords, Taboola, Outbrain e outras plataformas de anúncios. Você também poderá comprar tráfego para promover seus programas de afiliados, por exemplo. Existem muitos afiliados que não trabalham com blogs, muito menos com conteúdo ou SEO.

Neste modelo de comissão por CPC, o afiliado recebe um valor fixo ou variável para cada vez que o banner publicitário ou o link de texto receberem um clique de um usuário. Esse modelo tem a vantagem de que o afiliado não está dependente do resultado final, ou seja, do usuário comprar o produto, mas tem a desvantagem de ser um modelo difícil de escalar, uma vez que para ganhar muito dinheiro seriam necessários centenas de milhares de cliques.
O formato CPM é apenas utilizado em banners de publicidade, e é um valor pago pela empresa/anunciante para cada 1000 impressões que esse banner realiza na sua página. Para não o confundir facilmente, o número de impressões do banner pode ser facilmente calculado pelo número de pageviews do seu blog. Sempre que um usuário acessa o seu blog, ele gera 1 (um) pageview e, consequentemente, 1 (uma) impressão do banner publicitário (partindo do princípio de que o banner se encontra visível em todas as páginas. Ex.: barra lateral).
Tal como em outros mercados, no marketing de afiliados a diversificação pode ser crucial para fazer seu negócio sobreviver e crescer. Nunca faça sua estratégia depender de uma única fonte de tráfego e/ou de uma única estratégia de divulgação, caso contrário, é bem provável que você acabe se dando mal no futuro. Utilize diferentes fontes de tráfego para promover seus produtos e compare cada uma das suas estratégias.
Se você tem um blog sobre automóveis e sai divulgando programas de afiliados sobre como perder peso, porque você acha que todo mundo precisa emagrecer, é bem provável que não vá funcionar. Entender seu público e como ele se comporta dentro do seu site ou blog é fundamental para o sucesso das suas campanhas de marketing de afiliados. Quanto mais relevantes seus anúncios forem para a sua audiência, maiores serão as suas chances de ser bem sucedido. Se você imaginar que até o Google tornou seus anúncios contextualizados com o conteúdo de sites e blogs, você entende a importância de ser relevante.
Além das vantagens óbvias de administrar seu próprio negócio, poder trabalhar on-line de qualquer lugar e a qualquer momento, e ter a liberdade de escolher o quanto você trabalha, há algumas outras vantagens. Afiliados com um forte acompanhamento social (também conhecido como influenciadores) podem esperar receber brindes de anunciantes que buscam aumentar o conhecimento de sua marca. Isso tudo lhe proporcionara uma estrutura e uma renda fantástica e nunca mais terá que fazer pesquisas de “como ganhar dinheiro na internet clicando”.
Construa uma marca. Independentemente de você criar um blog pequeno num nicho específico ou um site grande para divulgação de milhares de ofertas, é importante você construir sua marca. Uma marca forte, consistente e facilmente identificável pelo seu público tem maior tendência para perpetuar no tempo, se comparada com sites criados apenas com o objetivo de gerar cliques. Acrescentar valor ao seu público-alvo fará com que as suas conversões sejam bem melhores.

Existem também diferenças nas estratégias de divulgação de um afiliado, quando objetivo são ações ou conversões. Cada objetivo de marketing e modelo de comissão obrigam, automaticamente, a adoção de uma estratégia de divulgação diferente. Ao entrar nesse mercado, você deverá procurar pelos modelos de comissão que fazem mais sentido para você e para a sua estratégia de marketing digital.
Resumindo, quando você promove um determinado programa de afiliado, você é recompensando por essa promoção de acordo com o que a empresa/anunciante decidiu previamente: clique, ação, lead, mil impressões, formulário ou venda. Para percebermos mais facilmente como funciona cada um desses formatos de publicidade com programas de afiliados, vamos analisar caso-a-caso e dar-lhe alguns exemplos práticos para uma melhor percepção:
×