O modelo de comissão por mil impressões foi amplamente difundido quando a internet chegou ao público em geral. Nesse modelo de comissão, o afiliado recebia um valor fixo a cada mil impressões de um banner publicitário, independentemente de o usuário clicar no banner ou não. Logicamente, na década de 80 e 90, o número de cliques em banners publicitários era altíssimo, com taxas de cliques a chegar a 96%, o que invariavelmente fazia com que a maioria dos usuários clicasse nos anúncios.
O marketing de afiliados não é algo novo. Há centenas de anos que pessoas trabalham em modelos de comissão semelhantes, e os chamados comissionistas existem há centenas de anos. Um bom exemplo desse tipo de trabalho seriam os corretores imobiliários. Eles divulgam imóveis dentro e fora da internet, recebendo uma comissão sobre a venda daquele imóvel.
Marketing de afiliados é uma forma de você gerar rendimento através de um trabalho de partilha, recomendação e promoção de produtos ou serviços de outras pessoas ou empresas. Basicamente, quando você ajuda uma outra empresa a conseguir vender um produto, recebe uma comissão por esse trabalho. Existem várias formas de comissionamento, mas o conceito é semelhante em todas elas, ou seja, você promove algo em troca de uma fatia do valor dessa venda gerada.
Neste tipo de programas de afiliados, você é remunerado ao clique, ou seja, independentemente do formato de anúncios que você decidir utilizar em seus sites ou blogs (links de texto, banners publicitários, e-mail marketing, etc), você será sempre remunerado de acordo com os cliques que a campanha receber. Sempre que um usuário clicar num dos seus meios de publicidade, você receberá um valor fixo por clique, que pode variar de anunciante para anunciante.
×