O marketing de afiliados não é algo novo. Há centenas de anos que pessoas trabalham em modelos de comissão semelhantes, e os chamados comissionistas existem há centenas de anos. Um bom exemplo desse tipo de trabalho seriam os corretores imobiliários. Eles divulgam imóveis dentro e fora da internet, recebendo uma comissão sobre a venda daquele imóvel.
O bom do marketing de afiliados é que você não precisa de criar absolutamente nada. Caso você pretenda, é possível ganhar muito dinheiro trabalhando com esse mercado, promovendo ofertas de produtos, sem que na realidade você tenha de criar um blog, site ou outra coisa qualquer. Existem afiliados ganhando muito dinheiro e a única coisa que fazem é anunciar no Facebook, Google AdWords e native ads. Há também quem prefira usar estratégias mais avançadas, como  comprar tráfego para promover programas de afiliados.
A paixão é uma coisa, mas você poderá monetizar o nicho que escolheu? Você precisa ter certeza de que o que quer que decida escrever lhe dará dinheiro. E se ganhar dinheiro é o seu objetivo final (e provavelmente é se você estiver lendo esse post!), Você precisa escolher um nicho que lhe permita obter lucro. E isso às vezes terá que superar sua paixão.

Alguns programas de afiliados pagam apenas 15 dias após o final do mês, mas a maioria dos programas afiliados demora entre 30 dias e até três meses para pagar. Isto é normal porque eles precisam verificar a venda e às vezes eles oferecem um reembolso de 30 dias. Se alguém decidir cancelar a compra e solicitar um reembolso, você perderá sua comissão.


Embora isso possa funcionar numa estratégia de curto prazo, a realidade é que a longo prazo será difícil manter seu negócio funcionando, pela simples razão de que esse afiliado precisará, constantemente, criar novas páginas, novas contas de anúncios e novas formas de divulgar esses produtos. No final, ele não terá absolutamente nada e ficará dependente desses produtos. Não recomendo que você faça isso. Pense numa estratégia de longo prazo, sustentável e com uma comunicação simples, objetiva e relevante para o seu público-alvo.
Esse modelo passou a ser utilizado em praticamente todos os grandes portais e órgãos de comunicação, que vendiam seus espaços publicitários no modelo de CPM a seus anunciantes, porque consideravam que o usuário que navegava em seus sites já estava sendo impactado por esses anúncios, simplesmente por visualizá-los, mesmo que não clicasse. Ainda hoje, o valor de CPM é utilizado em plataformas de anúncios como o Facebook e Google AdWords e é uma métrica extremamente importante de análise de desempenho e custo. Além do mais, é impossível definir a taxa de cliques (CTR) de um anúncio sem termos em consideração o número de impressões dele.
Quando falamos de marketing de afiliados, paciência é um termo importante, especialmente se a sua estratégia passar por escrever conteúdo relevante e trabalhar com programas de afiliados em seus sites e blogs. Quando comecei, lembro-me perfeitamente da primeira comissão que gerei num programa de afiliados e a sensação foi espectacular. No entanto, demorei alguns anos para começar a ganhar dinheiro de forma significativa com meus sites e blogs.
O mesmo acontece quando você começa a trabalhar com publicidade, anunciando as ofertas diretamente. É bem provável que você gaste imenso dinheiro inicialmente até encontrar o jeito certo de converter seus anúncios em vendas. Isso é perfeitamente normal e muito comum nesse mercado, portanto, considere aprender o máximo sobre marketing de afiliados, conversão, publicidade, etc., e vá testando o máximo que puder até encontrar a fórmula perfeita para o tipo de produto que você está divulgando.
O modelo de comissão por ação, muito conhecido como modelo de comissão por CPA, é um dos mais populares e eficazes modelos de comissão em marketing de afiliados. Neste modelo, o afiliado só recebe a sua comissão quando o usuário clica no banner ou no link e realiza uma ação específica, que poderá ser o preenchimento de um formulário, a compra de um produto ou outra ação qualquer.
Ex.: Você se inscreve num programa de afiliados por CPV, no qual o valor pago é de 25% de comissão sobre as vendas. Se você enviar um usuário para um determinado anunciante, e ele realizar uma encomenda de R$500 reais, a sua comissão será de R$125 reais. No entanto, um cliente que compre R$1500 reais de produtos já irá gerar uma comissão de R$375 reais.
Ao contrário do que muitos afiliados acham, anúncios também precisam ser relevantes para o seu público-alvo. Existem imensos afiliados que promovem produtos através de anúncios de Facebook, Google AdWords e native ads, sem se preocuparem minimamente com a relevância do produto para o público-alvo. Muitos deles utilizam inclusive estratégias de copywriting com o objetivo de enganar esse público e levá-lo a clicar nos anúncios.

Ex.: Você se inscreve num programa de afiliados por CPV, no qual o valor pago é de 25% de comissão sobre as vendas. Se você enviar um usuário para um determinado anunciante, e ele realizar uma encomenda de R$500 reais, a sua comissão será de R$125 reais. No entanto, um cliente que compre R$1500 reais de produtos já irá gerar uma comissão de R$375 reais.
×